• Ana Mércia Brandão e Laura Lima

Projeto Alavanca Brasil recomeça na São Remo

O Projeto Alavanca Brasil, que atua na comunidade São Remo, reabre suas portas, neste ano de 2022, para novos ingressantes. Após três anos paralisado por conta da pandemia e falta de recursos, o projeto, que é 100% gratuito, está com inscrições abertas para crianças de 6 a 14 anos que estejam matriculadas em escolas públicas.


Por: Ana Mércia Brandão e Laura Lima



Foto da fachada no Projeto Alavanca Brasil, localizado na comunidade São Remo. Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons


Sobre o projeto

O Projeto Alavanca Brasil foi criado em 2004, por iniciativa de Daniela Mattern, estudante intercambista da Faculdade de Economia e Administração da USP (FEA-USP), com a missão de auxiliar o desenvolvimento educacional e alfabetização de crianças e jovens. Localizado na comunidade São Remo, Zona Oeste de São Paulo, o projeto, que surgiu como um programa de acompanhamento pedagógico, também passou a incorporar outras missões, tal como a inclusão social, econômica e cultural dessa juventude. Nesse sentido, o projeto conta com diversas oficinas imersivas com foco em cidadania, como a Oficina de Biblioteca Comunitária, que ocorreu em setembro de 2005, e a Páscoa Solidária, em abril de 2022, com ovos de páscoa doados pela marca Cacau Show. Além do acompanhamento pedagógico e das atividades multiculturais, a iniciativa também oferece, gratuitamente, lanche e material escolar para seus alunos.


Contudo, apesar do sucesso, o projeto sofreu imensamente com a falta de recursos financeiros, o que dificultou sua permanência. Em 2012, a iniciativa, que recebia recursos do governo alemão desde 2009, sofreu um duro golpe com o fim dessa parceria, resultando em uma grande evasão de lideranças do projeto, que, por conta da falta de recursos, não poderiam mais ser remuneradas. No ano seguinte, 2013, o Alavanca Brasil paralisa suas atividades, incapaz de se manter com a verba reduzida. A paralisação, contudo, não dura muito. Já no ano seguinte, o projeto articula diversas parcerias, passa por uma reestruturação e consegue se manter, realizando diversas oficinas ao longo dos anos seguintes.


Edson Nicolas, 20, vê no projeto um verdadeiro símbolo de esperança. Mesmo enfrentando tamanhas dificuldades econômicas, o Alavanca — como é conhecido na comunidade — foi capaz de se reinventar e se restabelecer de forma admirável na comunidade. O jovem, que participou do projeto como aluno desde os seis anos — e a partir dos 16, como voluntário — afirma que o projeto também fomenta esperança nos jovens, abrindo portas para que tenham um futuro melhor. Quando perguntado sobre oficinas marcantes que vivenciou no Alavanca Brasil, Edson conta, sem qualquer hesitação, sobre uma atividade de teatro na qual fizeram uma apresentação com o tema do filme “Grease”, de 1978.


O retorno

O projeto se prepara para retomar suas atividades presenciais após anos de paralisação em decorrência da pandemia de COVID-19 e da falta de verbas. Com as perdas pedagógicas ocasionadas pela pandemia, o Projeto propõe, neste retorno, um acompanhamento escolar que diminua essa desigualdade intensificada nos últimos dois anos.

Ivete Rodrigues, professora universitária e colaboradora do projeto desde 2016, enxerga o Alavanca Brasil separado em dois momentos. Primeiro, o momento de sua criação. Segundo, o momento de seu recomeço. Ela relata que, após estar parado para reformas desde 2019, o Alavanca está pronto para reabrir suas portas para atender não só os jovens, mas também outros grupos da comunidade São Remo que desejem expandir os seus horizontes. O projeto atualmente também tem um programa de incentivo a mulheres empreendedoras e planeja começar a fornecer, também, aulas de inglês para diferentes faixas etárias.

Quando perguntada sobre os planos do projeto para o futuro, Ivete relata: “Expandir, sempre”. E é nessa expansão que o Alavanca continua transformando vidas no Jardim São Remo.



As inscrições podem ser realizadas pelo email projetoalavancabr@gmail.com . O Projeto Alavanca Brasil também está aberto a doações pelo link benfeitoria.com/SejaAlavanca . Outras informações estão disponíveis no site https://projetoalavanca.org/


22 visualizações0 comentário